Atenção:

Este Blog está encerrado

Darei continuidade aos Trabalhos, textos e atendimentos pelo Blog:


Obrigado, muita paz e luz e desculpe o transtorno !
Conheça, solicite:

Siga Despertar de Gaia no Facebook

Translate this Blog

26 de mar de 2013

Síndrome dos Aparelhos Parasitas

Dr. Vitor Ronaldo Costa – Médico e Escritor

A obsessão espiritual, de acordo com o modelo proposto por Allan Kardec, é a perseguição intencional e persistente que um mau espírito desencadeia sobre outrem. Dependendo do seu grau de constrangimento, o processo pode ser assim classificado: obsessão simples, fascinação e subjugação.

É fundamental nesses casos a compreensão de algumas características básicas. Nos três tipos citados, o comprometimento maléfico decorre da ação mental do espírito e da influenciação comprometedora do seu próprio campo vibratório a envolver a psicosfera da vítima.

Logo, nos casos de obsessões pesquisados pelo mestre de Lion, prevalecem a sugestão hipnótica e a ação de contato, fatores tão contundentes, quanto mais intensificados sejam o ódio e o conhecimento de técnicas magnéticas desarmonizantes utilizadas pelo agente agressor.



As obsessões tornam-se cada vez mais invasivas, à medida que os métodos manipulados pelos representantes das sombras se sofisticam. 

Nas práticas mediúnicas contemporâneas, na dependência da metodologia vigente, já se pode diagnosticar com razoável precisão, uma influência espiritual perfeitamente enquadrada entre as obsessões complexas.

Tais obsessões são extremamente comprometedoras, porquanto as técnicas empregadas envolvem artifícios sutis que suplantam, em termos de comprometimento, as modalidades clássicas descritas por Kardec.

Entre as obsessões complexas, uma das mais conhecidas é a Síndrome dos Aparelhos Parasitas inseridos no sistema nervoso do campo astral, condição sabidamente indutora de quadros neurológicos e psicopatológicos graves, difíceis de serem diagnosticados e, por isso mesmo, responsáveis por um expressivo número de pacientes crônicos vitimados por enfermidades de prognóstico reservado.

Esse tipo de transtorno espiritual foi identificado na década de 70 pelo ilustre pesquisador espírita brasileiro, o Dr. José Lacerda de Azevedo, autor do livro Espírito/Matéria - Novos Horizontes Para a Medicina (Porto Alegre), a quem devemos, sem dúvidas, o descortino da moderna Medicina do Espírito.

A Síndrome dos Aparelhos Parasitas é o conjunto de sinais e sintomas decorrentes da inserção de artefatos elaborados por ação ideoplástica do obsessor no sistema nervoso do perispírito da criatura-alvo e capazes de desencadearem as mais variadas perturbações neurológicas, mentais ou físicas. São ocorrências extremamente graves e nem sempre diagnosticadas pelos padrões clássicos das práticas desobsessivas.

É comum nas reuniões mediúnicas de assistência aos encarnados, os médiuns videntes mais experimentados identificarem a presença de toda sorte de material negativo aderido à psicosfera dos enfermos. São descritos como grilhões, cunhas, placas, correntes, cordas, fios e outros artefatos a envolverem o corpo astral das criaturas.

Apesar de serem constituídos de condensados energéticos de significativo teor barôntico, os sintomas gerados nem sempre são de grande monta, chegando a provocar em alguns casos, discreta sensação de mal-estar geral, alguma dor de cabeça, dolorimento muscular e eventual cansaço físico.

 Veja em, clique: IMPLANTES ESPIRITUAIS

Uma vez identificados podem ser removidos através da administração de simples passes magnéticos, recursos habitualmente utilizados nas sociedades espíritas e de comprovada eficiência na limpeza superficial do campo perispirítico.
           
Não podemos dizer, portanto, que tais condensados barônticos se constituam peças fundamentais da síndrome propriamente dita, pois a sua ação periférica sem maiores repercussões na economia psicofísica e a relativa facilidade de remoção pela terapêutica bioenergética, são as mais importantes características diferenciais com a síndrome verdadeira como veremos adiante.

Os casos mais severos se definem pelo seu aspecto invasivo e pela capacidade de gerarem patologias degenerativas. 

Geralmente, tais aparelhos são de tamanho minúsculo, quase que imperceptíveis, inseridos em zonas nobres da área encefálica e, sobretudo, difíceis de serem removidos. Temos identificado alguns tipos interessantes quanto a morfologia e os mecanismos de ação.

Vejamos agora um exemplo prático para melhor compreensão, muito embora, a nossa casuística registre centenas de casos com imensa variação de técnicas.

Certa feita um paciente adulto apresentou-se em nossa casa espírita referindo as seguintes queixas: zumbidos auditivos intermitentes, vertigens, apatia profunda, emagrecimento progressivo e intenso cansaço.

Tais sintomas se intensificavam sempre que ele tentava levantar-se do leito e deambular. Era acometido, então, do agravamento da sintomatologia, sobrevindo-lhe em seguida, a sensação de desfalecimento acompanhada de abundante sudorese. Estava sendo assistido por neurologistas há vários meses, embora não houvesse por parte da Medicina um diagnóstico de certeza.


Trazido à presença do grupo mediúnico foi submetido ao desdobramento de seu corpo astral, através de técnica magnética específica, com a finalidade de ser examinado na sua matriz perispiritual, pois como se sabe, é lá que se encontram registrados os pontos de ligações obsessivas e os morbos vibratórios que se manifestam no campo físico em decorrência de mecanismos drenadores.

Inicialmente os médiuns não registraram a presença de entidades obsessoras ligadas ao caso.

O fato gerou expectativas, pois quase sempre essas criaturas desvitalizadas e enfermiças são vítimas da ação parasitária de entidades maléficas que agem à semelhança de verdadeiros vampiros, sugando-lhes as energias vitais.

Concentramos, então, as nossas atenções no corpo astral do enfermo, inspecionando-lhe detalhadamente o cérebro, até que um dos médiuns nos alertou para sutil detalhe, logo confirmado pelos demais tarefeiros. Tratava-se da presença de minúsculos eletrodos inseridos em núcleos encefálicos e dos quais partiam filamentos capilares que se estendiam até os tendões de vários grupos musculares.

Em diálogo com os nossos mentores, eles nos explicaram tratar-se de uma terrível modalidade obsessiva, ainda desconhecida da maioria dos espíritas, porém, bem mais frequente do que imaginávamos.

A primeira preocupação de nossa parte foi saber o por quê da ausência dos obsessores ao lado do enfermo. Explicaram-nos os dirigentes espirituais que a técnica utilizada no caso, pelo seu grau de sofisticação eletrônica, prescindia da presença deles, vez que, os aparelhos uma vez implantados por si só cumpriam a ação destrutiva. Os autores espirituais apenas acompanhavam à distância, evitando serem identificados ou capturados pelas falanges benfeitoras que auxiliam os grupos desobsessivos existentes na crosta.
            
Os aparelhos parasitas tinham sido implantados por espíritos de baixíssimo estofo moral, não obstante, serem dotados de elevado nível de inteligência, verdadeiros técnicos das sombras. Na qualidade de delinquentes da erraticidade, tais entidades trabalham quase sempre a soldo de barganhas e se comprazem em destruir a existência das criaturas encarnadas.
           
No caso específico, a ativação e o funcionamento dos aparelhos obedeciam a um verdadeiro sistema de “feed-back”. Qualquer tentativa de atividade muscular, por menor que fosse, alimentava a fiação inserida nos tendões musculares com a própria energia vital do paciente, energia liberada pelo seu metabolismo neuro-muscular e indispensável à ativação dos eletrodos e “chips” implantados em zonas encefálicas.

À partir de então, os “aparelhos” emitiam energias de baixo teor vibratório, profundamente desarmonizantes e capazes de desencadear toda sintomatologia referida pelo paciente. Esse efeito nocivo era cada vez mais duradouro e, toda vez que o enfermo tentava se movimentar, sem que disto se apercebesse, realimentava o circuito parasita prolongando os mecanismos desvitalizantes por períodos cada vez mais extensos.
            
A terapêutica por nós empregada consistiu na aplicação das “técnicas desobsessivas de alta eficiência”, relatadas, em parte, no capítulo Obsessão Onírica inserido na obra de nossa autoria, Mediunidade e Medicina - Um Vasto Campo de Pesquisa - da Editora “O Clarim”.
            
Certamente, as incursões no campo das obsessões complexas, nos tempos atuais, estão descortinando novos horizontes com repercussões bastante favoráveis no âmbito prático das chamadas desobsessões espirituais, mormente, aquelas direcionadas aos psicopatas internados nos hospitais e sanatórios espíritas.
            
Elevada amostragem de transtornos psicóticos na rotina psiquiátrica corresponde perfeitamente aos sintomas observados em vítimas da Síndrome dos Aparelhos Parasitas. São distúrbios espirituais que, se precocemente identificados pelo referencial mediúnico disponível, apresentam boas chances de serem revertidos, a exemplo do que habitualmente já acontece na intimidade de alguns Centros Espíritas.

Contudo, o detalhe que enfatizamos é a necessidade da ampla divulgação do recente modelo de desobsessão espiritual em curso nas instituições espíritas que o adotaram, através de seminários e palestras elucidativas, de tal modo que ele se torne conhecido pela maioria dos médiuns e dirigentes de trabalhos práticos.
            
A nossa razoável experiência no assunto nos permite firmar posições coerentes com aquilo que temos divulgado. Orientando-se adequadamente o desenvolvimento mediúnico através das modernas técnicas de desdobramento induzido, estaremos ofertando aos médiuns as condições propícias à ampliação da sua capacidade sonambúlica, facilitando-lhes a identificação dos aparelhos parasitas e demais eventos que se desenrolam na dimensão extra-física, ao lado dos bondosos mentores que prestimosamente nos dirigem e orientam.
            
Aguardamos esperançosos que, muito em breve, os trabalhadores da seara espírita estejam mais capacitados a diagnosticarem a Síndrome dos Aparelhos Parasitas e as demais obsessões complexas, consolidando definitivamente a nova era da Medicina do Espírito.

Fonte: http://www.harmoniaespiritual.com.br
Leia Mais ►

13 de mar de 2013

O poder da cura à distância


O envio de boas intenções e bons pensamentos quando alguém está precisando de ajuda física, emocional, espiritual ou mental é mais importante do que você imagina. Em um universo onde tudo é energia, seus pensamentos e intenções podem, e irão influenciar a matéria.

As pessoas muitas vezes procuram enviar pensamentos bons, amorosos, de cura para ajudar alguém, mas nos damos conta do poder que estes pensamentos positivos realmente tem? E eles funcionam quando alguém não está presente?

Cura à distância tem sido estudada por muito tempo, às vezes com resultados inconclusivos. Mas o estudo da física quântica fez saltos enormes em nossa compreensão de como o universo funciona. A idéia é que tudo, inclusive o corpo e os nossos pensamentos, são energia.

A energia do pensamento é particularmente potente e tem demonstrado influenciar a matéria. Isto significa que a cura à distância não é apenas possível, mas muito real.

Um estudo em 2008 mostrou que pessoas treinadas em cura à distância - o envio de intenções de cura remotamente (fora do alcance dos sentidos físicos) - poderiam influenciar o sistema nervoso autônomo do destinatário das suas intenções.

O sistema nervoso autônomo é a parte do sistema nervoso que controla as funções corporais involuntárias, como ritmo cardíaco, o suor, a digestão, etc. O estudo mostrou que, quando uma pessoa transmitia intenção de cura para o seu paciente, o sistema nervoso autonômo do destinatário mostrava ativação imediata.

Esta foi medida com condutância da pele (a capacidade da pele de conduzir eletricidade).

Esta é uma notável descoberta! Este estudo bem desenvolvido teve pessoas (os "emissores", enviando intenções por 10 segundos a uma hora, seguido de uma pausa - e cada vez que eles enviaram suas intenções, ativaram o sistema nervoso autônomo do paciente (o "receptor" !)

Quando o remetente foi fazer uma pausa, não havia nenhuma ativação da condutância da pele nos pacientes.

Os melhores resultados foram encontrados com pessoas treinadas na intenção de compaixão, mas até mesmo os participantes não treinados no estudo foram capazes de gerar uma resposta autonômica!

Este estudo não estava tentando provar que os remetentes poderiam curar os receptores. Ele só estava tentando provar que as intenções do remetente tinham algum tipo de influência sobre o receptor. A implicação é que as intenções de cura, como o amor, poderiam criar mudanças positivas em outra pessoa, independentemente da distância do receptor.

Então, vamos voltar para a teoria quântica: a de que tudo é energia.

Você já sofreu de um período prolongado de estresse e / ou depressão? Mais do que provavelmente, a sua saúde sofreu como resultado.

Não há dúvida de que a mente influencia o corpo (e vice-versa). Mas usar a força energética do pensamento (intenção) à distância para curar uma outra pessoa - isto é muito poderoso!

Pense em seus pensamentos, emoções e intenções irradiando a partir de você como a música irradia de um rádio.

Nossos ouvidos podem não perceber a música quando há um obstáculo físico ou a distância na forma de vibração do som vindo do rádio - mas isso não significa que ele não está lá! Significa apenas que não pode conscientemente perceber.

Aqui está um breve olhar sobre os princípios fundamentais da cura à distância, como explicado pela física quântica:

  • intenção é energia; nossos instrumentos ainda não são capazes de pegar o sinal ou tipo específico de energia, por isso algumas pessoas duvidam de sua existência, mas seus efeitos são mensuráveis;
  • energia não tem qualquer restrição de tempo ou de espaço (ao contrário de nossos sentidos físicos);
  • partículas existem em um campo de potencialidade - significando que a intenção pode influenciar o comportamento das partículas.
Sabe-se que a intenção de um experimentador influencia o resultado do experimento - então por que é que a cura à distância, por vezes, parece funcionar, e outras não?

Mais do que provavelmente, é devido a qualquer falta de intenção focada (por exemplo, tentando enviar intenções sobre a saúde física de uma pessoa e suas emoções ao mesmo tempo), ou, a energia da intenção do paciente está bloqueando a intenção do remetente.

Os melhores resultados acontecem quando tanto o emissor e o receptor estejam ambos "na mesma página". Os dois devem:

Acreditar que o processo funciona, de modo que a intenção não será poluída por pensamentos contraditórias, isto é especialmente importante por parte do paciente - a expectativa de que a cura ocorrerá.
Concentrar muito diretamente sobre um tema específico e não diluir a intenção com generalizações demais.
Nem todo mundo é igualmente capaz de realizar cura à distância. No entanto, é uma capacidade que pode ser desenvolvida em grande medida.

Como você pode desenvolver suas habilidades de cura à distância? A melhor maneira é elevar sua própria vibração. Isto irá limpá-lo e impedir que suas intenções fiquem poluídas pelo condicionado negativo de crenças e bloqueios de energia.

Se a sua vibração for superior a 500 - a vibração do amor - você vai irradiar alegria, amor, saúde, abundância e paz. Imagine como suas intenções, ampliadas por essas vibrações poderosas, irão afetar outras pessoas!

Mesmo sem dirigir a sua intenção, você pode ajudar outras pessoas em torno de você a se sentirem melhores; e "em torno de você", ou seja, o planeta inteiro! Toda vez que você aumentar a sua frequência energética, você automaticamente aumenta a freqüência das pessoas nas quais pensar.


Dicas para cura à distância:

1. Visualize a luz e o amor divino entrar e preencher você. Sinta / experimente / acredite nessa energia dentro de si mesmo, então você poderá irradiá-la para fora.

2. Visualize a pessoa que você quer curar. Sinta a energia divina se movendo para fora de você para essa pessoa. Faça isso a partir de um estado de espírito de total relaxamento e aceitação, o que significa que não duvide da eficácia. Você simplesmente permite que a energia divina faça seu trabalho.

3. Visualize seu amado recebendo o amor e luz; imagine preenchendo cada célula em seus corpos, trazendo saúde, felicidade, vitalidade e alegria de imediato e abundantemente.

4. Mantenha suas visualizações por breves períodos. Em seguida, faça uma pausa. Isso ajudará você a se concentrar intensamente e evitar ficar distraído. Também irá ajudá-lo a evitar a diluição de sua intenção com sentimentos indesejados ou pensamentos.

Com a prática, você vai melhorar suas habilidades de cura à distância. E não se esqueça de trabalhar em si mesmo - aumentando a sua própria vibração de amor ou acima! 

Fonte: http://www.loveorabove.com/blog/distance-healing/

...
Leia Mais ►

12 de mar de 2013

Como a energia negativa afeta sua vida?

 
  


Você sabe que semelhante atrai semelhante, certo?

Então aqui está o negócio: as pessoas positivas são atraídas para a energia positiva, as pessoas negativas são atraídas para as energias negativas.

Nós tendemos a perceber a energia negativa como algo que outras pessoas têm. Claro, às vezes nos sentimos negativos - como em "vá embora e me deixe em paz, mundo!" Mas você sabia que a negatividade pode ser tão enraizada em você que passa despercebida?

Isso porque a negatividade às vezes usa um disfarce chamado "realidade". É fácil racionalizar e dizer que está "sendo apenas realista" em não ousar agir em um sonho - e acreditar nele!

Você pode supor que as pessoas positivas não estão sendo realistas - que estão sendo ingênuas, que estão em negação com a cabeça enterrada na areia, que eles colocaram sorrisos falsos diante da dificuldade e assim por diante. Mas eles são realmente idiotas felizes ou há algo de bom na sua positividade?

Considere o seguinte: desde quando é que "ser realista" significa necessariamente que as coisas vão dar errado e que você tem que aceitar isso como a verdade?

Isso não significa que ser realista é automaticamente negativo. Quando você vê o mundo do ponto de vista "realista", você não pode deixar de ser negativo se a sua versão da realidade é negativa.

Se a sua versão da realidade é negativa, você está condicionado a acreditar que tudo pode dar errado, vai dar errado e o que pode dar certo, provavelmente vai dar errado também. Suas crenças inconscientemente detidas farão de você uma pessoa negativa sem que você saiba disso!

Portanto - se essa negatividade é tão enrraizada em você que você não perceba, como você determina se você está preso em uma nuvem de energia negativa que está atraindo as pessoas erradas, situações erradas e sentimentos errados? E como você pode ter certeza que você não está perpetuando essa negatividade?

Gif de estrela Aqui está um rápido teste para medir o nível de energia negativa dentro de você:

Você reclama? Todo o tempo ou apenas algumas vezes?

Você costuma discutir o que há de errado no mundo mais do que o que é certo? Isso inclui o tempo 'terrível', o tráfego 'horrível', o governo 'idiota', a economia 'ruim', 'estúpido' chefe, etc;

Você critica? O tempo todo ou apenas a determinadas pessoas?

Você é atraído para o drama e desastre (você pode descolar-se da TV, quando há uma notícia de um desastre e você pode evitar se envolver na vida das celebridades disfuncionais?)

Você culpa? O tempo todo ou apenas a determinadas situações?

Você acredita que você não tem controle sobre a maioria de seus resultados?

Você se sente como uma vítima? Você fala de pessoas fazendo coisas para você?

Você é grato por aquilo que é ou vai ser grato quando as coisas finalmente começarem a dar certo para você?

Você sente que as coisas estão acontecendo com você? Ou você acha que elas estão acontecendo através de você?

Gif de estrela Este dois últimos pontos são importantes:

Se você não é grato, exceto quando as coisas dão certo, você é negativo. A gratidão é positiva. Se você é grato por aquilo que é (incluindo a escola desagradável de lições de vida), então você pode convidar mais e mais energia positiva em sua vida.

Acreditando que as coisas acontecem para que você o colocando no papel de vítima; então é fácil ser negativo, porque é conveniente dar-se esse poder. Portanto, considere esta alternativa: quem ou o que é a culpa quando as coisas boas acontecem para você?

Você reconhece que é responsável pelas coisas boas - como, você trabalhou duro, você ganhou, etc ... mas culpar eventos externos ou outras pessoas por suas falhas? Então como é que, quando coisas boas acontecem, elas são um resultado do que você faz, mas quando coisas ruins acontecem, não são culpa sua?

Ninguém gosta de ouvir isso. É preciso coragem para aceitar que você cria a sua experiência de vida!

Se você respondeu sim a alguma das perguntas acima, você está segurando a energia negativa em algum grau! Para limpar a sua energia negativa e elevar a sua vibração, você terá que treinar-se para escolher uma atitude positiva.

Aqui está outra idéia interessante a considerar: você já reparou que as pessoas positivas parecem conseguir o que querem da vida, e mesmo se as coisas não ocorrem a sua maneira, elas ainda desfrutam de suas vidas ... enquanto as pessoas negativas lamentam e reclamam sobre os seus infortúnios e mesmo as coisas boas em suas vidas?

Para limpar a energia negativa, tente este processo de 3 passos:

1. Aproprie-se: "Quando você pensa que tudo é culpa de alguém, você vai sofrer muito. Quando você percebe que tudo nasce apenas de si mesmo, você vai aprender a paz e a alegria. "- Dalai Lama

2. Cancele pensamentos negativos e substitua-os por pensamentos positivos. Isso requer prática, dedicação e de tomar uma decisão de ver o mundo através dos olhos de "o que pode dar certo" em vez de "o que pode dar errado." Você vai ter que pegar a si mesmo quando você estiver agindo ou falando da sua negatividade, e imediatamente mudar sua melodia.

3. Visualize o positivo em vez de ficar sugando negatividade; supere condicionamentos passados, pense intuitivamente com a alma, em vez da "realidade"; crie uma nova, desejada realidade em sua imaginação e manifeste-a no mundo exterior. Ninguém quer a energia negativa para permear suas vidas, mas muitos de nós permitimos isso. Mas nós permitimos inconscientemente, com base no condicionamento passado que sugere um resultado inevitável de determinadas situações. Quando você superar esse condicionamento e perceber que o futuro não está gravado em pedra, mas que você tem mais controle sobre suas circunstâncias do que você acredita - então você pode começar a projetar conscientemente sua vida.

O que vai acontecer então? Sua energia positiva irá atrair magneticamente o que você considera ser bom e certo para você: as pessoas, situações, coisas ... e você vai notar um aumento enorme, enorme na sua felicidade e paz interior.

Porque não escolher a energia positiva? Faça algumas alterações no interior, e você verá rapidamente mudanças positivas em sua vida. Aproveite os bons sentimentos e abundância!

Fonte: http://www.loveorabove.com/

...
Leia Mais ►

9 de mar de 2013

Anel Atlante - Proteção Espiritual e Energética


O Anel Atlante foi descoberto em 1860, 
no Vale dos Reis, durante escavações do egiptólogo Marquis D’Agrain. 

Segundo estudos, esta peça arqueológica parece existir há milhares de anos, é feita em pedra de areia e é encontrada em Assuam, no Egito. 

Este anel foi passado mais tarde para um outro egiptólogo, Howard Carter, que o conservou até a morte, em 1939. 

ORIGEM DO ANEL ATLANTE

É muito importante que se esclareça que a progênie do Anel Atlantis, nada tem a ver com o Egito, senão por tê-lo sido encontrado na tumba de Tutankhamon.

Quando o Anel foi levado por alguns Sacerdotes Atlantis ao Egito durante a sua imersão, ele fôra entregue à Casta Espiritual Egípcia. A sua cópia, no Egito, não se deu tão imediatamente como muitos imaginam, porque o Egito estava passando por um período muito depressivo com os vários acontecimentos marcantes da época, e em Atlantis, antes conhecida por Lanka, o Anel era atribuído apenas aos Grandes Sacerdotes, razão porque o Anel fôra entregue à Casta Espiritual Egípcia pela Casta Espiritual Atlantis.

A morte de Akhenaton, o Príncipe da Paz, por exemplo, marcou o povo egípcio sobremaneira, e com a busca de Tutankhemon à volta do politeísmo, os súditos se inquietaram.

Akhenaton que reinou no século IV a.C. e pertencia a XVIII Dinastia, era conhecido anteriormente como Amen-Hotep IV e sabiamente,implantou no Egito o primeiro monoteísmo da história: o culto à Aton (Disco Solar), que infelizmente, pouco tempo depois, desaparecia nas névoas do tempo, mas que, felizmente, deixou um forte legado espiritual, muito válido, para a humanidade deste século.

Seus ensinamentos vem possibilitar aos seres humanos, o resgate espiritual, suas raízes solares, que aliás, é o objetivo primordial de nossa vida neste planeta.

Apesar de sua posição como Faraó, Akhenaton ensinava aos seus súditos a humildade e a simplicidade de ser, tratando-os com dignidade e respeito, razão porque a depressão tomou conta do Egito por muito tempo após o seu desaparecimento.

Assim, Tutankhamon assumiu o trono ainda menino, num clima depressivo, e a suas imaturidade e formação, não o permitiram dar manutenção à evolução monoteísta sabiamente implantada pelo Príncipe da Paz, senão determinar a imediata volta ao politeísmo, colocando Tutankhamon  à mercê de suas vaidades. Seu trono e pertences eram vaidosamente ricos e luxuriantes, e a sua vaidade cruzou a fronteira material fazendo-o como o Faraó que mais se cercou de ricos e soberbos ornamentos para o além-túmulo, conforme sua crença.

Por outro lado, Atlantis(Lanka) e Lemúria que já haviam passado por longos períodos de inquietação que veio a culminar com a tomada de decisões rigorosas, estavam em busca de um grande poder energético, e a energia vril fôra a causadora de desastrosos conflitos em Atlantis.

O anel tem características de “Puzzle” – uma composição geométrica confusa-gravado em absoluta harmonia, chamada “micro-ritual-arrangment”

Estas características transmitem ondas que formam uma “shut-off-position” (desligamento) contra tudo que possa perturbar a oscilação do usuário. 

Esta fórmula traz invisíveis forças e efeitos codificados em símbolos no anel, e é considerada um incrível mistério de micro oscilação pela física moderna, pesquisada com grande interesse pelos cientistas. 

Outra misteriosa característica é que a eficácia do anel não depende do material do qual é feito, nem de irradiações físicas, religiosas ou encantamentos. Não é um talismã magnético ou qualquer tipo de feitiçaria.



O anel ganhou sua popularidade em 1922, quando o egiptólogo Howard Carter, após 7 anos de escavações, entrou, no dia 25 de novembro do mesmo ano, com mais 19 cientistas no Vale dos Reis, no túmulo sagrado do famoso Faraó Tutankhemon, Filho do Sol. 

Na entrada do túmulo estava escrito: “A morte tocará com suas asas aquele que perturbar o sono do Faraó”. 

Todos os 20 cientistas entraram no túmulo, tendo à frente Howard Carter. Todos morreram de doenças estranhas, exceto Howard, que tinha uma única diferença dos outros cientistas: ele estava com o misterioso Anel Atlântida no dedo, que o manteve vivo.

O segredo do anel reside em suas formas geométricas

A partir desse estranho acontecimento, inúmeros cientistas se interessaram pelo anel e concluíram que o mesmo é de uma eficácia estranha e desconhecida, e proporcionava ao seu portador ondas e vibrações benéficas, protegendo de forças negativas e feitiçarias, aumentando a capacidade intuitiva, abrindo a mente para a telepatia. 

O anel torna seu usuário imune às forças ocultas e desconhecidas, e também traz boa sorte. Pode ser usado nas duas mãos: na esquerda, protege especificamente contra perturbações de origem desconhecida e contra influências ocultas. No sonho e na meditação, ele favorece os contatos psíquicos. 

Usado na mão direita, filtra e concentra as próprias vibrações e proporciona ao seu portador ondas e vibrações benéficas. Sugere-se o uso do anel na mão direita de dia e na mão esquerda durante a noite.

Fotografia Kirlian do Anel Atlante
O anel também tem uma influência restauradora na parte do corpo onde a aura apresenta alterações. Este fenômeno já foi comprovado através de fotos Kirlian.

O anel tem propriedades de proteção contra todos os tipos de perigo. Estimula a cura, intuição e telepatia, proporcionando ao seu portador ondas e vibrações benéficas, favorecendo as habilidades mentais e metafísicas.

O anel deveria ser fabricado de acordo com certos rituais. É uma reprodução de um dos mais antigos segredos do mundo, exclusivamente pessoal, porque age segundo a vibração do usuário, não devendo, portanto, ser emprestado para o uso de terceiros.

A propriedade do Anel de curar não as lesões ou moléstias orgânicas diretamente, mas restabelecer determinadas funções perturbadas e suprimir assim, as dores subseqüentes. Têm-se obtido resultados muito interessantes, em distúrbios neuro-vegetativas e outras de origem circulatória.


INTUIÇÃO - PARANORMALIDADE

Por último ao possuidor do anel Atlante, abrem-se perspectivas insuspeitadas na abertura da mente para os fenômenos parapsicológicos, tais como a intuição e a telepatia, e um campo imenso para pesquisas. 

A ciência de vanguarda certamente vai descobrir as incríveis técnicas ainda ocultas dos egípcios, herdeiros dos Atlantes. A precisão de sua eficácia pode ser aumentada mediante o conhecimento das correspondências simbólicas que vinculam cada um dos dados a um órgão ou função. 

Ele desenvolve certas faculdades paranormais como: Intuição aumenta de 50% TELEPATIA aumenta de 50%. 

As três barras e os dois triângulos nas extremidades representam as três forças que comandam o universo e as duas forças neutralizantes que se equilibram pelas mesmas proporções e oposição, defrontando-se sem nunca se fundir.

A energia que dele emana age como proteção contra os males físicos e fortalece o espírito, provocando ainda a duplicidade da Aura.


Indicador - (JÚPITER) Age sobre o sistema nervoso, vitalidade vontade e ação, (no consciente) intestino grosso, vértebras e cervicais, sacro lombares e dorsais.

Médio - (SATURNO) age sobre a circulação, crânio, alegria e pés (dedos da vida material). Influencia sobre o conjunto das funções corporais, influencia sobre os ossos e esqueleto.

Anular - (SOL) age sobre o sistema gênito urinário, digestivo, nervos simpáticos e parasimpáticos, trípulo aquecedor e hipófise, tireóide (sabedoria).

Mínimo - (MERCÚRIO) age sobre o coração, artérias, aorta, coronárias, circulação, intestino delgado, emoção (eu subconsciente). 

Polegar - Age sobre o maxilar inferior e superior, linfa, orelha, faringe e sistema respiratório.

Formas existentes: Ouro, Prata.

Fonte: Stark, Karl. Prevenções e curas com pedras/ Karl Stark, Werner E. Meier. – Rio de Janeiro: W. E. Meier, 1998 "

...
Leia Mais ►

7 de mar de 2013

Exorcismo do Sal e da Água

O Exorcismo do Sal e da Água é uma forma de consagrar estes dois elementos essenciais para serem usados no banimento de diversos malefícios. 

A fórmula que se segue é a tradicional, sob a influência da Igreja Católica.


Exorcismo do Sal

Apontar para o sal com os dedos indicador e médio, declarando:

Eu te exorciso

Ó criatura da Terra,

Pelo Deus Vivo †
Pelo Deus Sagrado †
Pelo Deus Onipotente †
Para que te purifiques
De todas as influências malignas,
Em Nome de Adonai,
Que é o Senhor
Dos Anjos e dos Homens.

Estendendo a mão sobre o sal:

Ó criatura da Terra,

Adora o teu Criador.

Em Nome de Deus,
Pai Todo-Poderoso,
Criador do Céu e da Terra,
E no de Jesus Cristo,
Seu Filho, nosso Salvador,
Eu te consagro †
Para o serviço de Deus,
Em Nome do Pai, do Filho
e do Espírito Santo
Amém




Exorcismo da Água

Apontar para a água com os dedos indicador e médio, declarando:

Eu te exorciso

Ó criatura da Água,

Pelo Deus Vivo †
Pelo Deus Sagrado †
Pelo Deus Onipotente †
Para que te purifiques
De todas as influências malignas,
Em nome de Elohim Tzevaoth,
Que é o Senhor
Dos Anjos e dos Homens.

Estendendo a mão sobre a Água:

Ó criatura da Água,

Adora o teu Criador.

Em nome de Deus,
Pai Todo-Poderoso,
Criador do Céu e da Terra,
E no de Jesus Cristo,
Seu Filho, nosso Salvador,
Eu te consagro †
Para o serviço de Deus,
Em Nome do Pai, do Filho
E do Espírito Santo
Amém




Juntar o sal à água e dizer:

Nós te suplicamos, ó Deus,

Senhor do Céu e da Terra

E de tudo que existe neles,
Visível e invisível,
Que Tu possas estender
A mão direita do Teu poder
Sobre estas criaturas dos elementos
E santificá-las em Teu Santo Nome.
Permite que este sal ajude a saúde do Corpo
E esta água a saúde da Alma,
E que todo poder da adversidade
E toda ilusão e artifício do mal sejam banidos
No lugar em que ambos forem utilizados,
Por amor a Jesus Cristo nosso Salvador
Amém


Assim ficam consagrados o sal e a água. 
Para utilização em exorcismo aspergir a mistura sobre pessoas ou espaços, dizendo:

Pelo nome que está acima de todos os outros nomes
E pelo poder do Pai, do Filho e do Espírito Santo
Eu exorcizo todas as influências e sementes do mal
E derramo sobre elas o conjunto da Santa Igreja de Cristo
Para que possam ser presas rapidamente com as correntes
E arrojadas nas trevas exteriores
E que elas não perturbem os servos de Deus
Amém

O sinal † indica momentos em que se faz o sinal da cruz. 
Para tal, os dedos indicador e médio são estendidos e os restantes dobrados contra a palma da mão. 
Quando se abençoa o sal e a água com a mão estendida, os dedos deverão ser mantidos juntos.

Fonte: http://www.eon.com.br

...
Leia Mais ►

O Bastão Atlante


O Bastão Atlante, pelo seu próprio nome, remonta das origens de uma civilização que existiu antes do nascimento da civilização Egípcia. Esta civilização utilizava-se amplamente da energia que provinha dos cristais e metais. 

Uma grande combinação desses elementos foi sem dúvida os bastões nas suas mais diversas variações.

Trata-se de um dispositivo radiônico cuja função é acumular, ampliar e emitir energia de partículas sub-atômicas. 


O BASTÃO DE PODER ATLANTE é um aparelho fisicamente muito simples, mas que representa mental e emocionalmente uma super ciência que foi perdida a milhares de anos.

Basicamente é composto de um tubo que pode ser feito de cobre, PVC ou madeira com uma tampa em uma das extremidades e uma ponta de cristal na outra. O tubo deve ter aproximadamente 1" de diâmentro.

A ponta de cristal de ter aproximadamente a mesma medida de diâmetro e umas 3"de comprimento. Deve ser uma ponta de cristal com faces transparentes ou lapidadas. A cobertura exterior (isolação) pode ser feita de couro ou papel enrolado em espiral ao longo do tubo, devendo cobri-lo totalmente.

O material isolante pode ser feito de qualquer cor, sendo que azul, verde, vermelho e lilás são ótimas cores para os bastões curativos.


Existe um BASTÃO DE COMBATE, que é feito com isolamento preto.

Esse bastão só pode ser usado por pessoas com muita prática que tenham um extremo controle emocional, podendo ser usado também na cura para eliminação de tumores, vírus e bactérias, porém, esse sistema é bastante perigoso.

Existem bastões curativos que tem cristais em ambas as extremidades, e alguns terapeutas afirmam que eles tem melhores resultados, pois enquanto a energia entra por uma das extremidades a negatividade é eliminada pela outra, mas a experiência não mostra que ele tenha melhores resultados que um bastão comum.

Como acontece com todos os instrumentos psicotrônicos, o resultado parece depender muito mais do poder de concentração da pessoa que opera o bastão.

Ao utilizar o bastão é importante que se esteja com a mente em equilíbrio, pois somente pensamentos e sentimentos positivos e harmônicos devem ser passados para ele. Para atingir esse equilíbrio são recomendados exercícios de relaxamento.

Lembramos que pode ser utilizada qualquer técnica que você conheça. É recomendável que o cristal de quatzo não seja tocado durante a utilização do bastão e nem permita que outra pessoa o faça a não ser você. O bastão sempre deve estar em consonância com a biopsicoenergia do terapeuta ou operador.


Funcionamento

O funcionamento do Bastão Atlante basea-se na teoria do qual o pensamento é composto por partículas chamadas "psions", ou seja, partículas subatômicas não detectáveis pelos aparelhos convencionais.

O tubo funciona como um acumulador de energias, acumulando a energia telúrica, a energia cósmica e a energia do pensamento do próprio operador. O revestimento do tubo funcionaria como um isolante para que essa energia não escapasse do aparelho.

O cristal de quartzo funciona como um transdutor que vai moldar essas energias de acordo com a vontade do operador, operando também como um foco para transmissão dessas partículas de pensamento.

Quando se segura o bastão pode acontecer uma sensação de formigamento nas mãos, devido a passagem de energia, em especial naqueles que tem uma origem atlante e em outra vida já podem ter trabalhado com esse tipo de aparelho, ocorrendo então uma sensação de familiaridade.

Esse tipo de máquina psicotrônica não apresenta mau funcionamento. Ele irradia energia em todas as direções de modo passivo, mesmo quando não está sendo usado, quando o operador se concentra nele criando uma visualização, um raio de energia branco azulado é liberado pela extremidade do cristal.

O pensamento transforma a irradiação passiva do aparelho numa transmissão de energia ativa. A intensidade da transmissão é determinada por uma combinação dos pensamentos amplificados pelas emoções do operador. O suprimento de energia é ilimitado, pois, trabalhamos com energia cósmica e telúrica, sendo a energia do pensamento usada apenas para direcioná-las.

Sendo assim, o operador não deve apresentar desgaste físico, mental ou emocional ao usar o bastão, a não ser no caso do BASTAO DE COMBATE , onde pode ocorrer um grande desgaste, especialmente na área emocional. A distância do objetivo não tem a mínima importância, pois ele funciona tão bem com alguem que está ao nosso lado, como do outro lado do planeta e até em outras dimensões.


Utilização

O Bastão Atlante pode ser usado em diversas áreas,por exemplo:

Botânica: energizando as sementes obtem-se melhor e maior desenvolvimento da planta.

Veterinária: cura de animais.

Ortopedia: forte auxílio na ortopedia
.
Medicina: na profilaxia energética (energização de chakras e aura), em cirurgias energéticas e na recuperação de células mortas ou danificadas, em ferimentos de qualquer natureza.

Cromoterapia: o Bastão de Atlante associado a Cromoterapia passa a ser um instrumento altamente potencializado e de resultados eficientes, para tanto existe um Bastão Atlante elétrico,com projeção de luz em palhetas coloridas direcionadas para o cristal.

Acupuntura e acupressura: utiliza-se o bastão nos mesmos pontos da acupuntura evitando-se agulhas.

Psicologia: promove o equilíbrio energético, dissolução de formas pensamento obsessoras e imposição de um padrão vibratório adequado, resultando no tratamento de doenças psicossomáticas com maior sucesso.

Radiônica: na aplicação de remédios cujos efeitos colaterais são intoleráveis, neste método que eu utilizo é necessário técnicas de radiestesia para se fazer as medições quantitativas do remédio a ser aplicado, sem ingestão do mesmo, mas com aplicações energéticas do mesmo em nível sub-atômico. Os efeitos são os mesmos obtidos pelo remédio ingerido, evitando-se os efeitos colaterais intolerantes.

No que diz respeito ao campo espiritual, atua na destruição de energias negativas e intrusas, desenvolve a intuição, auxilia nas meditações e promove a liberação da Kundalini por meio da energização da água e de tudo o mais que você desejar.

Por ser um instrumento tão valioso, é importante ao ser utilizado, que o amor-vontade-sabedoria impere em seu ser.

Observação, não utilize o Bastão Atlante, se você não estiver bem de saúde, peça para que outra pessoa de sua confiança, que esteja bem de saúde, para fazer a aplicação.

Quanto ao tempo de aplicação recomenda-se aos iniciantes que utilizem o tempo conforme a sua capacidade de concentração, sentindo fadiga pare, repouse e logo que se achar recuperado retorne se possível, cada aplicação deve ter no mínimo dez minutos.

Fonte: http://www.geocities.com/_mistico_/basto.htm

...
Leia Mais ►

6 de mar de 2013

Círculo de Proteção


 

Visualize um Círculo de Luz Branca

Esta invocação trata-se de um círculo mágico gerado por um exercício de invocação e visualização. O diferencial deste círculo mágico é a capacidade de deixá-lo em volta do seu computador, carro e etc…


Maitreya nos ensina que podemos fazer uma invocação de proteção, sempre que houver uma ameaça das forças do mal.

Ficamos muito vulneráveis a ataques, sempre quando vamos dormir, quando vamos manter relações sexuais consagradas em matrimônio, ou quando enfrentamos alguma força maligna, por exemplo.

Ele explica que os demônios não podem entrar dentro deste círculo invocado, e o Anel de Fogo Branco é um Escudo muito poderoso. Os demônios ficam do lado de fora e você poderá dormir em paz dentro do círculo.

Enquanto Invocar, visualize uma parede de fogo branco a sua volta, ao redor de sua cama, de seu carro, de sua casa, etc… Se tiver de passar por um lugar onde tem muita magia negra ou magos negros, invoque o anel de imediato, e siga seu caminho confiante, eles nada poderão fazer.

A invocação:

Em nome do Pai, do Filho, do Espírito Santo e da Mãe Divina, Eu invoco aqui e agora, o Anel de Fogo Branco, que nada passa, do Coração do Amado Senhor Maitreya, para que seja colocado ao meu redor, e ao redor da . . . (minha casa, do meu filho, do meu carro…) . . .
Queimando e consumindo, queimando e consumindo, queimando e consumindo, em seu interior, tudo que for impuro e anti-Deus ou contra o meu Plano Divino manifestado.

Selamento:

Está feito, está selado, está terminado. (3x)
 Em nome do Pai, do Filho, do Espírito Santo e da Mãe Divina.

...
 
Fonte - Oficina das Bruxas

...

Leia Mais ►
Licença Creative Commons

Esta licença permite a redistribuição e o uso para fins comerciais e não comerciais,
contanto que a obra seja redistribuída sem modificações e completa,
e que os créditos sejam atribuídos ao autor
Creative Commons Atribuição-SemDerivações 4.0 Internacional