Atenção:

Este Blog está encerrado

Darei continuidade aos Trabalhos, textos e atendimentos pelo Blog:


Obrigado, muita paz e luz e desculpe o transtorno !
Conheça, solicite:

Siga Despertar de Gaia no Facebook

Translate this Blog

19 de out de 2013

Amor Imbatível Amor


Mensagem de Joanna de Angelis
Por Divaldo P. Franco

O amor é substância criadora e mantenedora do Universo, constituído por essência divina. É um tesouro que, quanto mais se divide, mais se multiplica, e se enriquece à medida que se reparte. Mais se agiganta, na razão que mais se doa. Fixa-se com mais poder, quanto mais se irradia. 

Nunca perece, porque não se entibia nem se enfraquece, desde que sua força reside no ato mesmo de doar-se, de tornar-se vida. 

Assim como o ar é indispensável para a existência orgânica, o amor é o oxigênio para a alma, sem o qual a mesma se enfraquece e perde o sentido de viver. 

É imbatível, porque sempre triunfa sobre todas as vicissitudes e ciladas. Quando aparente - de caráter sensualista, que busca apenas o prazer imediato - se debilita e se envenena, ou se entorpece, dando lugar à frustração. 

Quando real, estruturado e maduro - que espera, estimula, renova - não se satura, é sempre novo e ideal, harmônico, sem altibaixos emocionais. 

Une as pessoas, porque reúne as almas, identifica-as no prazer geral da fraternidade, alimenta o corpo e dulcifica o eu profundo. O prazer legítimo decorre do amor pleno, gerador da felicidade, enquanto o comum é devorador de energias e de formação angustiante. 

O amor atravessa diferentes fases: o infantil, que tem caráter possessivo, o juvenil, que se expressa pela insegurança, o maduro, pacificador, que se entrega sem reservas e faz-se plenificador. 

Há um período em que se expressa como compensação, na fase intermediária entre a insegurança e a plenificação, quando dá e recebe, procurando liberar-se da consciência de culpa. 

O estado de prazer difere daquele de plenitude, em razão de o primeiro ser fugaz, enquanto o segundo é permanente, mesmo que sob a injunção de relativas aflições e problemas-desafios que podem e devem ser vencidos. 

Somente o amor real consegue distingui-los e os pode unir quando se apresentem esporádicos. A ambição, a posse, a inquietação geradora de insegurança - ciúme, incerteza, ansiedade afetiva, cobrança de carinhos e atenções -, a necessidade de ser amado caracterizam o estágio do amor infantil, obsessivo, dominador, que pensa exclusivamente em si antes que no ser amado. 

A confiança, suave-doce e tranqüila, a alegria natural e sem alarde, a exteriorização do bem que se pode e se deve executar, a compaixão dinâmica, a não-posse, não dependência, não-exigência, são benesses do amor pleno, pacificador, imorredouro. 

Mesmo que se modifiquem os quadros existenciais, que se alterem as manifestações da afetividade do ser amado, o amor permanece libertador, confiante, indestrutível. 

Nunca se impõe, porque é espontâneo como a própria vida e irradia-se mimetizando, contagiando de júbilos e de paz. 

Expande-se como um perfume que impregna, agradável, suavemente, porque não é agressivo nem embriagador ou apaixonado... 

O amor não se apega, não sofre a falta, mas frui sempre, porque vive no íntimo do ser e não das gratificações que o amado oferece. 

O amor deve ser sempre o ponto de partida de todas as aspirações e a etapa final de todos os anelos humanos. 

O clímax do amor se encontra naquele sentimento que Jesus ofereceu à Humanidade e prossegue doando, na Sua condição de Amante não amado. "

http://limpezasenergeticas.blogspot.com/

...
Leia Mais ►

17 de out de 2013

O Caminho do Amor


O verdadeiro sentido do amor vai muito além da posse, do apego, do rancor, da culpa e de alguns sentimentos que nos confundem quando não olhamos para nós mesmos. 

E sinceramente temos a mania de achar que o amor é algo que se busca,  algo para ser encontrado em alguma esquina. Buscamos o amor nas festas, nos bares, restaurantes e agora também na internet.  Parece ser algo urgente, pois nos ensinaram quem só o amor constrói,  só o amor salva, só o amor traz felicidade.

Há um grande equívoco nessa procura ansiosa, cada vez mais acelerada, cada vez mais esquisita. Amor não é remédio, não existe para curar um mal estar que você mesmo criou dentro de si e que, portanto, só você mesmo pode curar. Portanto, se você está deprimido, histérico ou ansioso demais, o amor não se aproximará.

Caso o faça, vai frustrar todas as suas expectativas, por que o amor quer ser recebido com saúde e leveza.

O amor não suporta a idéia de ser ingerido de quatro em quatro horas como um antibiótico para combater as bactérias da solidão e da baixa alto-estima.

O amor não é tolo, quer ser bem tratado, escolhe as pessoas que, antes de tudo tratam bem de si mesmas.

Ao contrario do que se pensa, ele não tem que vir antes de tudo: antes de estabilizar a carreira profissional, antes de viajar pelo mundo, de curtir a vida. Ele não é uma garantia de que, a partir de seu surgimento, tudo mais dará certo.

O amor, ao contrário do que pensa os afoitos candidatos a amantes, não tem pressa...  ele espera primeiro você ser feliz para só então surgir diante de você. Esta é sua condição inegociável, é pegar ou largar.

Ser feliz é uma necessidade natural da alma e não uma meta traçada e planejada a ser alcançada. Não envolve estratégias, só sensações. A vida sempre acontece quando a gente não está preocupado em explicá-la. Quando perdemos tempo conceituando a vida, estamos deixando-a escapar.

O amor é, portanto, a fragilidade, não a força. É serenidade, água, mansidão... não  tem nada a ver com agito, fogo, procura, apartamentos, piscinas, férias no exterior, passagens, carros e, muito menos, com princesas e príncipes encantados. 

Amar exige coragem, muita coragem, por que é entrega e está todo mundo viciado em trocas e mais trocas - tudo que o amor abomina.

Estamos sempre fazendo algo esperando pela recompensa imediata. Se o desejo não é atendido, a frustração logo aparece, a sensação de abandono se instala, a tristeza vem e com ela perde-se toda e qualquer possibilidade de felicidade.

Muitos são os cobradores, pouquíssimos são os doadores. Daí vem o desequilíbrio, daí vem o desamor que hoje é o maior defeito do homem. 

Somos mendigos de uma coisa que temos em abundância dentro de nós. Ainda não aprendemos que o amor que reivindicamos é o mesmo que precisamos dar, por que tudo começa em nós. 

Estamos sempre esperando que o outro tome a iniciativa.
O mesmo acontece com ele.

E assim o amor agoniza...  sobrevive  da eterna ilusão da busca, da procura, dos encontros mágicos que as novelas ajudam a instalar nas mentes mais desavisadas, quando tudo o que o amor anseia é pela distração, pelo silêncio...  pela dança sem a necessidade da música.

Acredito estar só no início de um longo caminho a ser trilhado, longe de mim  achar que realmente o amor é isso tudo que escrevi, pois esse sentimento só sabe quem sente...mais foi assim que o budismo me ajudou a cada noite mal dormida, a cada decepção, a cada frustração...me levantar e acreditar que amor chega na hora certa...

Através da recitação do "nam myoho rengue kyo" estou conseguindo transformar minha vida, inúmeros são os benefícios materiais mais não cabe nesse momento falar,  já que o benefício maior para mim hoje  é poder amar todos a meu redor independente de qualquer coisa.

E como diz o nosso mestre Ikeda: "Amar não é quando duas pessoas olham uma para a outra, mas quando olham na mesma direção. O amor libera não encarcera."

Fonte: http://www.estadodebuda.com.br
M. Vinícius Sassone  

http://limpezasenergeticas.blogspot.com/

...
Leia Mais ►

15 de out de 2013

Declaração de Amor aos Homens e Mulheres da Terra


Recordando e reafirmando os princípios declarados na Carta Universal dos Direitos Humanos da ONU nós, seres humanos decidimos fazer a seguinte Declaração de Amor aos Homens e Mulheres da Terra:

1. Todas as pessoas do mundo têm o direito de viver e de sonhar com um planeta mais justo e pleno de dignidade e de amor.

2. Todas as pessoas do mundo têm o direito de brincar na chuva e libertar barquinhos de papel nas sarjetas e enxurradas.

3. Todas as pessoas do mundo têm o direito a uma educação que forme seres humanos livres, criadores e inventores de novos conhecimentos.

4. Todas as pessoas do mundo têm o direito de construir a sua própria "Constituição", escolhendo os valores para nortear uma conduta pessoal solidária e fraterna.

5. Todas as pessoas do mundo têm o direito de estabelecer relações humanas amparadas na fraternidade e no respeito à diferença.

6. Todas as pessoas do mundo têm o direito de se encontrar pelos caminhos que levam à defesa da vida e da alegria.

7. Todas as pessoas do mundo têm o direito de escutar o Outro e comungar de suas esperanças e sonhos.

8. Todas as pessoas do mundo têm o direito de plantar girassóis para que todas as tardes sejam de primavera.

9. Todas as pessoas do mundo têm o direito de descobrir o sorriso ou a dor que mora no Outro.

10. Todas as pessoas do mundo têm o direito de habitar em casas que sejam como corações abertos, acolhedoras e sem trancas, onde sempre brilhe a luz da fraternidade.

11. Todas as pessoas do mundo têm o direito de construir dentro de si mesmas um templo para o seu Deus, na forma em que O conceberem..

12. Todas as pessoas do mundo têm o direito de que o trabalho seja um campo em que floresça a dignidade humana, sempre no horizonte de servir e amar o Outro.

13. Todas as pessoas do mundo têm o direito de serem os guardiões dos portões do Jardim da Humanidade.

14. Todas as pessoas do mundo têm o direito de saborear os frutos coloridos e suculentos da sabedoria, da arte e da ciência sem precisar dar dinheiro em troca.

15. Todas as pessoas do mundo têm o direito de não serem medidas pelo dinheiro que possuem.

16. Todas as pessoas do mundo têm o direito de se expressar livremente, impregnando a palavra de paixão transformadora.

17. Todas as pessoas do mundo têm direito à comunicação e à informação para construir um mundo baseado na igualdade entre homens e mulheres.

18. Todas as pessoas do mundo têm o direito de acreditar que a unidade, com respeito às diferenças dos povos, é não somente possível, mas inevitável para alcançar a paz mundial.

19. Todas as pessoas do mundo têm o direito de saber a verdade sobre os caminhos e os roteiros que levam à liberdade e à dignidade.

20. Todas as pessoas do mundo têm o direito de conviver amorosamente com os animais e com todos os seres da natureza que estão na Terra.

21. Todas as pessoas do mundo têm o direito de transformar os muros que as separam em praças onde todos se encontrem para celebrar a cidadania e a solidariedade.

22. Todas as pessoas do mundo têm o direito de errar e serem amparadas carinhosamente na vontade de crescer e aprender mais e mais.

23. Todas as pessoas do mundo têm o direito a não mais ter medo das palavras Paz e Amor.

24. Todas as pessoas do mundo têm o direito de cultivar a terra e dela receber o alimento sagrado para o sustento do corpo e da alma.

25. Todas as pessoas do mundo têm o direito de chorar de alegria.

26. Todas as pessoas do mundo têm o direito de receber tratamento humano na saúde e na doença e de fazer escolhas livres e conscientes sobre tudo que envolva a vida e a morte.

27. Todas as pessoas do mundo que não sonham estes sonhos têm o direito de serem tocadas no coração para que desejem também caminhar na beleza...

Mensagem dos Jornalistas no Encontro para a Paz
Dezembro de 1998

http://limpezasenergeticas.blogspot.com/

...
Leia Mais ►

10 de out de 2013

Amor incondicional em ação


Por Deepak Chopra

Ouça a sabedoria do seu corpo, que é expressa por sinais de conforto e desconforto. Quando você escolhe determinada conduta, seu corpo pede a você sentir sobre o assunto. Se seu corpo envia um sinal de preocupação física ou emocional, tenha cuidado. Seu corpo envia um sinal de conforto e desejo.

Ele vive no presente, que é a única vez que você tem. Mantenha sua atenção sobre o que existe aqui e agora, procure a plenitude em todos os momentos. Aceite o que vem a você total e completamente para que você possa apreciá-lo e aprender com ele; em seguida, deixe-o passar.

Isto é como deveria ser. Refletindo infinitas leis da natureza que você trouxe até este exato pensamento, esta reação física necessária. Este momento é como é porque o universo é como é. Não lute contra o infinito esquema das coisas; pelo contrário, seja uno com ele.

Dedique  tempo ao silêncio, para meditar, silenciar o diálogo interno. Em momentos de silêncio, sua consciência se reconecta com a  fonte de pura consciência. 

Preste atenção à sua vida interior para que ela possa guiá-lo até sua intuição, em vez de interpretações impostas do exterior sobre o que deve ou não deve.

Renuncie a sua necessidade de aprovação externa.

Só você é o juiz de seu pedido; seu objetivo é descobrir o valor infinito de si mesmo, sem dar importância para o que os outros pensam.

Quando você descobrir que está reagindo com raiva ou oposição a qualquer pessoa ou circunstância, lembre-se de que você só lutando com você mesmo. Resistência presente é a reação das defesas criadas pelo antigo sofrimento. Quando você desistir,  se curará e cooperará com o fluxo do universo.

Lembre-se de que o mundo reflete sua realidade aqui dentro. Pessoas onde sua reação é mais forte, seja de amor ou ódio, são projeções do seu mundo interior. 

O que mais odeia é o que a maioria dos objetos em mim mesmo. O amor é o que você mais deseja dentro de você. Use o espelho de relacionamentos para orientar sua evolução. O objetivo é um conhecimento total de si mesmo.

Quando você começa, o que você mais deseja estará automaticamente lá; o que você não gosta mais, vai desaparecer.

Boas e más situações são simplesmente julgamentos que você impõe. Todos podem compreender e perdoar, mas quando julga,  cancela o processo de aprender a amar.

Quando Você julga os outros, reflete sua falta de auto-aceitação.

Lembre-se de que cada pessoa que perdoar aumenta seu amor por si mesmo.

Não  contamine seu corpo com toxinas, seja alimento, bebida ou emoções tóxicas. Seu corpo não é apenas um sistema de suporte de vida. Ele é o veículo que irá levá-lo na viagem da sua evolução. A saúde de cada célula contribui diretamente para o estado de bem-estar, porque cada célula é um ponto de consciência dentro do campo da consciência que é você.

Ele substitui a conduta que motiva o medo pelo comportamento que motiva o amor. O medo é um produto da memória, que vive no passado.

Para lembrar o que nos fez sofrer antes, dedicamos as nossas energias para garantir que sofrimento antigo não será repetido. Mas nunca tente impor o passado para o presente final com a ameaça de sofrimento. Isso só acontece quando você encontra a segurança do seu próprio ser, que é o amor.


Motivado pela verdade interior, você pode enfrentar qualquer ameaça, porque sua força interior é invulnerável ao medo.

Ele entende que o mundo físico é apenas o espelho de uma inteligência mais profunda. Inteligência é o organizador invisível de toda a matéria e energia; como uma parte dessa inteligência encontra-se em você, participa na força organizadora do cosmos.

Como você está inseparavelmente ligado a ela, você não pode contaminar o ar e a água do planeta. Mas em um nível mais profundo, você não pode permitir-se viver com uma mente tóxica, pois cada pensamento cria uma impressão no campo total de inteligência.

"Viver em equilíbrio e pureza é o bem maior para si e para a terra."

http://limpezasenergeticas.blogspot.com/

...
Leia Mais ►

8 de out de 2013

O que é o Amor?


Por Osho

Tudo que sei é que experimentar o amor é uma das mais belas experiências da vida. Para vivenciarmos o verdadeiro amor, quatro passos devem ser celebrados.

O primeiro passo é: esteja aqui e agora - porque o amor só é possível aqui e agora.

O segundo passo em direção ao amor é: libertar-se dos sentimentos negativos… porque muitas pessoas amam, mas seu amor está contaminado por sentimentos como ciúme, possessividade, medo.

O terceiro: compartilhe. O amor é uma fragrância a ser compartilhada, irradiada. O amor não pode ser acumulado; ele só pode ser compartilhado.

E o quarto: seja um nada. Somente quando você está vazio de você, há o amor. Quando você está cheio de ego não é possível amar.

O amor e o ego não podem existir juntos. É impossível o amor e o ego estarem juntos porque amor e Deus são sinônimos. 

Somente uma pessoa que aprendeu a amar é madura. Uma pessoa madura não “cai de amor”, ela se “eleva no amor”. 

E quando duas pessoas maduras estão se amando, um dos maiores paradoxos da vida acontece. Elas estão juntas, são quase um, mas esta unidade não destrói a individualidade. 

Na verdade realça. Duas pessoas maduras em verdadeiro em amor ajudam-se mutuamente a se tornarem mais livres, mais plenas, mais completas.

http://limpezasenergeticas.blogspot.com/

...
Leia Mais ►

4 de out de 2013

Amor pelos Animais - São Francisco de Assis


No dia 4 de outubro celebramos São Francisco de Assis, que nasceu na cidade de Assis, na Itália, em 1182.

Por sua relação de amor e respeito aos animais, a data serve também para comemorar o Dia Mundial dos Animais.

Ele tinha uma relação muito especial, de muito respeito com os animais. No Cântico das criaturas, São Francisco de Assis louva a Deus por todas as criaturas, o sol, a lua, as estrelas... 

Há alguns anos o Papa João Paulo II decretou São Francisco de Assis como o padroeiro da ecologia, pelo reconhecido amor a todas as criaturas.

Francisco de Assis foi sepultado em 4 de outubro de 1226 e canonizado em 1228. 

Em comemoração à data, durante este mês várias entidades de proteção animal organizam eventos sobre bem-estar animal e cerimônia de bênção aos animais.

Ao analisar a relação homem-animal ao longo da história da humanidade, percebemos que muitos erros e atrocidades foram cometidos contra os animais, por falta de conhecimento, pela ganância ou em nome de tradições culturais. 

Com o desenvolvimento de estudos, análises e teorias sobre comportamento animal, o homem passou a modificar sua postura, pois percebeu que os animais também sofriam e sentiam medo, dor e angústia. 

Isso aconteceu graças ao trabalho dos cientistas e estudiosos do comportamento animal e dos defensores de animais - pessoas que, mesmo sem nenhuma formação acadêmica, lutam pelos direitos dos animais, tirando-os das ruas, protegendo-os, criando e cuidando de abrigos.


Ainda hoje vemos situações que não podem ser aceitas sem pelo menos o sentimento de forte indignação, abrigos superlotados com animais abandonados à própria sorte por seus donos, maus-tratos, envenenamentos, venda ilegal de animais silvestres, rodeios, touradas, farra do boi, ursos torturados na China, circos, feiras de animais sem controle sanitário, uso de animais em testes para cosméticos, projetos de lei que perpetuam os maus-tratos e uso em experiências científicas.


Por isso, vamos aproveitar a data para refletir por alguns instantes sobre tudo aquilo que devemos aos animais, sobre todos os erros cometidos até agora. 

Existe um caminho a ser seguido, que é o respeito a todas as formas de vida, tanto aos aspectos mais básicos, como abrigo e alimentação, quanto ao direito a afeto, liberdade e à vida.


http://limpezasenergeticas.blogspot.com/

...
Leia Mais ►

1 de out de 2013

Meditação do Amor Universal


A principal característica desta meditação é a de promover a paz, a bondade e a benevolência. Sua finalidade é a de purificar a mente, tornando-a saudável e íntegra. 

É o tipo de Meditação Universal de efeito seguramente benéfico, que pode ser praticada por qualquer pessoa, de qualquer idade trazendo resultados imediatos e proveitosos. Por ela a mente fica revigorada, sua força torna-se maior.

Escolha uma hora e um lugar tranqüilo, acenda um incenso, para harmonizar e purificar o ambiente, criando uma atmosfera própria. Sente-se em uma cadeira ou, de preferência, no chão, de modo a ficar confortável, mantenha a coluna reta, a respiração lenta e profunda, tente ficar o mais relaxado possível.

A prática da Meditação do Amor Universal deve começar pela própria pessoa, porque se alguém não se ama, torna-se impossível estender amor e benevolência a outras pessoas.

Inicia-se com o pensamento: estou limpando minha mente de todas as impurezas; que eu esteja livre de maldades, que eu esteja livre de inimizades, que eu fique livre do sofrimento, que eu me sinta muito feliz, com muito amor e muita paz.

Depois disso, com a mente e o coração repletos de amor e paz, o pensamento deve ser dirigido a uma pessoa muito querida, da qual gostamos muito. 

Visualizamos essa pessoa recebendo todo o nosso carinho, toda a paz e todo o amor que estamos sentindo. Em seguida visualizamos uma pessoa que nos é indiferente, um conhecido do qual não gostamos nem deixamos de gostar, e enviamos o mesmo pensamento. 

Finalmente lembramos de alguém que por algum motivo não gostamos, que nos é desagradável, pela qual temos algum tipo de rancor, e enviamos em forma de pensamento, o nosso perdão, banhando-a com pensamentos de amor, paz e compreensão.

Após algum tempo, quando estivermos mais acostumados com a prática da meditação, o próximo passo é estender, alargar, expandir esse pensamento, abrangendo todos os seres do nosso Planeta.

 Um Pensamento de Paz a cada dia.
 Em Mim há Paz.
 Sentir Paz.
 A Paz do Espírito é a Paz Verdadeira.
 A Paz do Indivíduo será a Paz Verdadeira.
 Luz na Mente e Paz na Alma.

Fonte: http://www.starnews2001.com.br

http://limpezasenergeticas.blogspot.com/

...
Leia Mais ►
Licença Creative Commons

Esta licença permite a redistribuição e o uso para fins comerciais e não comerciais,
contanto que a obra seja redistribuída sem modificações e completa,
e que os créditos sejam atribuídos ao autor
Creative Commons Atribuição-SemDerivações 4.0 Internacional